fechar
CulturaEducação

Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento recebeu a comunidade para eventos de agosto

Um mês marcado pela multiplicidade de eventos voltados à participação de vários públicos. Assim foi a programação de agosto que a Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento ofereceu. Confira alguns pontos da agenda:

Dia 1º de agosto
Assistentes sociais, educadoras, psicólogas e pedagogas do Projeto Usina da Dança de Guaíra, Miguelópolis, Orlândia e Ipuã, além de assistentes das Biblioteca e Salas de Leitura mantidas pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça reuniram-se no Centro Cultural de Miguelópolis para um novo olhar sobre o planejamento das atividades do segundo semestre do ano. As equipes também alinharam o Cronograma das Oficinas que serão desenvolvidas no último período do ano.

Dia 2 de agosto
O filme Divertidamente, sucesso de público e crítica dos estúdios Disney e Pixar e seus conceitos sobre emoções e foi o centro do trabalho das Oficinas Socioeducativas desenvolvidas semanalmente, no mês de agosto, pelo Projeto Usina da Dança que o Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM nas cidades de Guaíra, Ipuã, Miguelópolis e Orlândia. As oficinas propõem uma diversidade de ações desenvolvidas pelo Instituto. Após a exibição do filme foram destacados aspectos e características dos personagens: a alegria, a tristeza, o medo, a raiva e nojo. Em outro momento foi feito roda de conversa, onde as crianças fizeram a interpretação dos sentimentos.

07 de agosto
Dialogar com a criança e saber o que ela sente, é diretriz de uma prática pedagógica numa cidade educadora. Partindo dessa premissa, a Roda de Conversa reuniu todas as turmas assistidas pelos projetos desenvolvidos pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM em Guaíra. Os alunos tiveram a oportunidade de relatar as partes que mais chamaram a atenção expondo suas interpretações sobre o filme Divertidamente. O objetivo foi resgatar a complexidade do filme, permitindo aos alunos identificarem os processos das emoções e como elas afetam a memória sensível das pessoas.

8 de agosto
Na inauguração do Núcleo Cultural ORM de Ipuã, juntamente com demais projetos sociais, a Biblioteca Energia do Conhecimento marcou presença, desenvolvendo várias Contações de Histórias, roda de leitura, dramatizações, com diversas turmas de crianças, que tiveram espaço de interação, com outras crianças e seus familiares.

9 de agosto
Lembrar e homenagear as pessoas que cuidam, zelam e protegem as crianças. Essa é a verdadeira mensagem para o Dia dos Pais e Cuidadores, que foi comemorado no mês de agosto pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM. Na segunda semana de agosto, crianças e adolescentes do Grupo de Convivência do Projeto Usina da Dança em Guaíra participaram do trabalho sobre o tema O que representa o dia dos pais para você? A estratégia leva em consideração os diversos arranjos familiares existentes e busca contemplar todos esses arranjos. A missão foi enfatizar a importância do respeito e consideração aos cuidadores e promover a reflexão sobre os diferentes tipos de família. Como resultado desse processo, os alunos construíram dobradura representando uma camisa e fizeram a entrega para o pai ou cuidados considerado especial.

14 de agosto
Raposas, serpentes, planeta, baobás, acendedor de lampiões e várias personagens que fazem parte do universo de O Pequeno Príncipe foram tema das oficinas que dialogam sobre o espetáculo que a Usina da Dança está montando para o final deste ano. Neste momento foram retomados os personagens do “Pequeno Príncipe”. Os alunos do Projeto usina da Dança em Guaíra, e também em Miguelópolis, Ipuã, Guaíra e Orlândia foram convidados pelos educadores a falar sobre as características de cada personagem e seu papel no desenrolar da história, reforçando a identidade das turmas que representarão estes personagens no espetáculo do final de ano.

16 de agosto
As quatro turmas do projeto Usina da Dança que o IORM desenvolve em Guaíra participaram da oficina sobre a coleção Valores, dos autores Brian Moses e Mike Gordon. Eles foram monitorados para uma interpretação das obras “Com licença” Aprendendo sobre Convivência, “Deixa que eu Faço”, sobre responsabilidade, “E eu com isso”? Aprendendo respeito e “Não fui eu” sobre honestidade. O objetivo foi o de contribuir para a transmissão de valores e a formação do educando, a partir da proposta de trabalho do Pequeno Príncipe.

21 de agosto
Um convite ao exercício do respeito e da responsabilidade como ferramenta para vencer o Bullying. Esse foi o tema central do Momento Cultural, em sessão vivenciada por educadores, alunos e suas famílias, no Centro Cultural Colorado. Durante o encontro, os participantes puderam expor suas ideias sobre valores e convivência, abrangendo todas as situações do dia a dia. As alunas dos projetos desenvolvidos pelo IORM em Guaíra tiveram espaço garantido para relata os acontecimentos em todos os ambientes: no lar com suas famílias, na escola, no IORM e também na rua.

Dia 22 de agosto
A Sala de Cinema Cinergia abriu suas portas para receber os atletas do Centro de Excelência Takeshi Uemura, no início da noite, para exibição gratuita do filme Desafiando Gigantes. O filme abordou temas como a pluralidade e a diversidade e abordagens, conceitos fundamentais para a construção de uma cidade educadora, que amplia o repertório de sua comunidade.

Dia 23 de agosto
Alunos do projeto Usina da Dança de Guaíra, desenvolvido pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM, assistiram à exibição do filme Atravessando a Sala, na Sala Cinergia. A exibição foi seguida de um bate papo sobre as consequências da vivência apresentadas durante o filme. Para os educadores, o debate em roda possibilitou descobrir que o outro é diferente e apoiar os alunos a enfrentarem diversidades. A mensagem para uma convivência proativa é a aceitação do outro e a postura de cortesia, essenciais para o relacionamento.

Dia 26 de agosto
É consenso que é preciso mobilizar e compartilhar territórios somando saberes. Para isso, a Biblioteca Energia do Conhecimento, em parceria com a Professora, Psicopedagoga e Diretora Izilda Leonello, participaram de um encontro realizado na Igreja Adventista do Sétimo Dia. Durante o encontro, a oportunidade para trocas de experiências com trabalhos pedagógicos. A professora Beth encerrou com contações de histórias e leituras com as crianças do Projeto Pequeninos em Foco. Presença de familiares e da Dr. Yamile Portuondo Hernandez.

Dia 28 de agosto
As turmas foram divididas em grupos de livre escolha pelas crianças, os temas sorteados e ninguém sabia. Alguns fizeram dramatizações, outros mímica. Cada grupo recebeu as orientações sobre situações relacionadas ao seu cotidiano. Após os ensaios, as apresentações foram realizadas, sendo assistidos e apreciados pelos demais grupos, que teriam que observar e advinhar durante as apresentações dos sub grupos.

Dia 30 de agosto
Continuação aprendendo valores, transformando-se na prática em casa. Uma forma de sensibilizar os pais sobre o trabalho desenvolvido, agregando a troca de experiências que vivenciam. Trabalhado em parceria com a jornalista Aline Fornel, a turma I da tarde foi entrevistada por ela e foi criado um vídeo em que as turmas relataram sobre alguns valores.
Iniciou-se o Projeto Presença com as turmas da manhã e tarde com a montagem dos corpos de bonecos que serão transformados nos personagens da história do Pequeno Príncipe.

Também em agosto…

Ilustrações
A Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento recebeu o encontro anual de Agentes de Leitura da Caixa SESI, conduzido pelo ilustrador e escritor Nelson Cruz. Ele é autor de ilustrações para obras de clássicos da literatura brasileira, e seu trabalho recebeu várias indicações para prêmios internacionais. O objetivo do encontro foi debater a linguagem das ilustrações, sua importância na contextualização dos livros, a influência no contexto da história e sua capacidade de transmitir informações ao leitor.

O ingresso de novos leitores associados
Durante o mês de agosto, a Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento, instalada no Centro Cultural Colorado, em Guaíra, registrou o ingresso de cinco novos leitores associados. Inaugurada a 17 de outubro de 2011, a Biblioteca contabiliza 1.603 leitores associados. Desde sua fundação, já foram realizados 13.053 empréstimos. O acervo atual conta com 4.218 volumes.

Caixa de Leitura Sesi
O Programa Caixa de Cultura do Sesi, localizado na Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento realizou o empréstimo de 37 obras em agosto. Esse é um programa exclusivo para trabalhadores da indústria, porém a ofertas de livros à comunidade deve-se ao apoio que a Usina Colorado dá aos projetos desenvolvidos pelo IORM, que tem no Centro Cultural Colorado sua sede em Guaíra. O acervo fica à disposição dos leitores associados à Biblioteca. Cada leitor associado pode retirar dois livros por vez e permanecer com os livros por até 40 dias.

Os leitores que mais retiraram obras
Marielle da Silva Pereira
Perolaine M. da Silva Carneiro Souza
Talita Batista de Oliveira
Ingrid Eduarda Bortoleto de Almeida
Jaqueline Santana Portugal
Stefany Lorrane das Neves Freitas
Zahra Abou Ali Nascimento de Oliveira
Emanuelly Silva Biscassi
Rodrigo Eduardo Ribeiro Barbosa
Ana Júlia F. Araújo

Os 10 livros mais retirados
O Pequeno Príncipe
Kate Somente
Aventuras de Alice no País das Maravilhas
Diário de um Banana: A Gota d´Água
Diário de um Banana: A Verdade Nua e Crua
A Casa Assombrada
A Macaquinha Internética
A Cabana
A Felicidade dos Borboletas
O Peralta

Doação
No mês de agosto, a Biblioteca comunitária e gratuita Energia do Conhecimento recebeu a doação de sete livros adultos e infantis da fisioterapeuta Carla Ogata. Os livros doados: O Segredo do Violinista, de Eva Furnari; O Fantasma de Tio William de Rubens Francisco Lucchetti; Segura, Peão, de Luiz Galdino; Pode Me Beijar Se Quiser, de Ivan Angelo; Serafina e Criança Que Trabalha, de Jô Azevedo; Coisas Que Toda Garota Deve Saber, de Antonio Carlos Vilela e Odisseia, de Homero. Os livros já foram incorporados ao acervo e oferecidos para os leitores associados nas prateleiras da Biblioteca.

“Por meio de nossas ações, procuramos, oferecer um instigante convite à leitura para toda a comunidade. A cada leitor que conquistamos, temos a certeza de que estamos mais próximos de fazer de Guaíra uma Cidade Educadora.”, destacou a fundadora do IORM, Josimara Ribeiro de Mendonça, em carta de agradecimento pela doação.

Tags: destaque

Deixar uma resposta