fechar
Projeto Guri em Miguelópolis passa a contar com a parceria do IORM

Projeto Guri em Miguelópolis ganha patrocínio da Usina Colorado nos anos de 2017 e 2018, que abrirá temporada de matrículas em janeiro

Em 2016, a Usina Colorado e o IORM foram comunicados pela coordenadora regional do Projeto Guri na região de Ribeirão Preto, Aline Feltrin, que, devido a falta de recursos, o projeto seria encerrado em Miguelópolis na data de 9 de dezembro de 2016.

Ainda em dezembro, Usina Colorado e IORM foram contatados pelo prefeito eleito do município, Naim Miguel Neto, Dr. Nahim que intercedeu pela necessidade de manutenção do Projeto na cidade.

O apoio da Usina Colorado foi decisivo para impedir que o Projeto Guri encerrasse suas atividades em Miguelópolis no ano de 2017. Por meio de leis de incentivo, a Usina Colorado vai aportar recursos permitindo que, nos anos de 2017 e 2018, o Projeto receba novos alunos e continue em funcionamento no prédio cedido pela Administração Pública Municipal. O Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça passa a atuar como parceiro e articulador do Projeto em Miguelópolis. O IORM também é parceiro do Projeto Guri em Orlândia, Guaíra e Ipuã.

O Polo Miguelópolis do Projeto Guri funciona na Rua João Felisberto de Freitas e oferece cursos de Coral Infantil, Coral Juvenil, Percussão e Violão.

Depois de dois anos de patrocínio da Usina Colorado, a expectativa é de que o Governo do Estado volte a financiar o Polo. Isto está sendo articulado por meio de negociação estabelecida pelo Deputado Estadual Roberto Engler com o Governo do Estado de São Paulo.

“Para a nossa região, é fundamental a importância do Projeto Guri. Trata-se do maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de formação musical para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Atualmente, mais de 50 mil alunos são atendidos por ano, em 410 polos de ensino distribuídos por todo o estado de São Paulo.”, destaca a Instituidora do Grupo Colorado, Josimara Ribeiro de Mendonça.

O Projeto Guri é uma ação do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e é administrado pela Associação dos Amigos do Projeto Guri.

O Projeto Guri em quatro Polos da região

Guaíra

Em Guaíra, o Projeto Guri tem apoio local do IORM, do Grupo Colorado e da Prefeitura Municipal de Guaíra, atendendo a cerca de 123 alunos nas modalidades de canto coral, violão e percussão. O polo é coordenado por Helen Rodrigues. Há três semestres consecutivos o Polo recebe o selo de Polo Ótimo do Projeto Guri pela infraestrutura do espaço de aulas, que são oferecidas no Centro Cultural Colorado.

Ipuã

Em convênio com a IORM, o projeto funciona na Escola Municipal Monir Neder, um espaço que oferece conforto e acessibilidade a seus alunos e orientadores.

O novo Polo IORM Ipuã oferece 86 vagas, distribuídas pelos cursos de coral infantil, coral juvenil e violão. O espaço funciona as terças e quintas-feiras, das 13h30 às 16h30, na Avenida Castro Alves, 120.

O polo oferece 86 vagas nos cursos de coral infantil, coral juvenil e violão. Há previsão de que em março, o Polo passe a ser desenvolvido no Núcleo Cultural Oswaldo Ribeiro de Mendonça, que está em fase final de construção.

Orlândia

O IORM e Grupo Colorado são parceiros do Projeto Guri. As aulas acontecem no Núcleo Cultural Oswaldo Ribeiro de Mendonça – o Castelinho, com apoio da Prefeitura Municipal de Orlândia. Oferece os cursos de Percussão, Violino, Violoncelo, Contrabaixo acústico, Clarinete, Flauta transversal, Saxofone, Trombone e Trompete.

 Miguelópolis

O Polo funciona em espaço cedido pela Prefeitura Municipal de Miguelópolis, situado à Rua João Felisberto de Freitas, 322. Oferece vagas em cursos de Coral Infantil, Coral juvenil, Percussão e Violão.

Deixar uma resposta